Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Ovino


Sistemas de criação

A nomenclatura "intensiva" e "extensiva" não se aplica à criação de ovinos. O que se considera é que existem as criações menores, desde as domésticas até as de tamanho médio, e aquelas de larga escala com sólida infra-estrutura de manejo, estas são, consideradas criações extensivas. Recentemente tem sido incentivados o sistema de confinamento, com a criação em cabanhas e fornecimento de ração balanceada. Nesse sistema, semelhante ao que ocorre no confinamento de bovinos, o custo é maior mas permite a produção de animais precoces e livres de verminoses, com abate entre 60 e 120 dias, com peso médio entre 30 e 35 kg.

Criações Domésticas

Lotes pequenos (7 a 10 ovelhas x 1 macho), utilizando os animais para capinar pomares ou para acompanhar outras criações (como bovinos e eqüinos) e culturas (café, citrus). Para o pasto, com até 10 animais em um hectare, sem baixadas úmidas e com árvores para sombreamento, é suficiente para um ano (Capim Pangola, Quiquio, CoastCross, Seda). Se não tiver pasto suficiente, forneça alimentação no cocho. Os piquetes devem ser de arame liso com 1,24 m de altura, com espaçamento menor na parte inferior, e ter unia fonte de água (natural ou bebedouro) e cocho de sal mineral. O melhor é dividir uma área de até dois hectares em quatro piquetes e fazer rodízio a cada 10 dias (1 mês de descanso/piquete).

Pequena criação comercial

A partir de 30 animais, a criação já pode ser considerada comercial e a escolha da raça depende das proximidades do mercado para lã, carne ou leite e derivados. Utilizar 1 carneiro com idade acima de um ano e meio para cada 30 ovelhas. Nesse tipo de criação, além da alimentação mencionada para a criação doméstica, é recomendável um reforço diário à base de grãos, especialmente para ovelhas que pariram gêmeos. Na época da seca, complementar com fenos, silagens ou ração. Adicionar farelo de soja com uréia pecuária ao cocho de sal mineral (fonte de proteína suplementar). Se a criação for para corte, o desmame dos cordeiros deve ocorrer aos 3 meses; para leite, aos 10 dias, fornecendo leite de vaca com (250 ml/dia com 1 colher de sopa de óleo de soja por litro).

Criação de tamanho médio

Recomenda-se que a criação seja mista (lã e cordeiros para o abate), com uni rebanho de 100 a 150 cabeças e algumas das raças recomendadas são a Corriedale, Ideal e Romney Marsh A escolha de bons machos reprodutores é fundamental para o sucesso da criação, que devera contar com boa infra-estrutura (cercas, divisões para separar os animais de acordo com sexo e idade, pastagens, abrigos, aguadas etc.). E possível fazer consorciamento com gado, alternando os rebanhos bovino e ovino, mas deixando pastar somente bovinos adultos para evitar contaminação exagerada dos piquetes com verminoses comuns às duas espécies.

Criação em larga escala

Para grandes extensões de terra, são criações que comportam de 200 a 1000 cabeças, calculando 3 cabeças por hectare; são utilizadas principalmente as raças Merino, Ideal, Corriedale, Romney Marsh, para as regiões mais úmidas (Sudeste); e as deslanada e Somalis, em regiões mais quentes e secas (Nordeste).

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados